Quais as técnicas de black hat punidas pelo Google e o Bing

Com o grande crescimento da Internet, veio também a necessidade de melhorarmos a nossa posição no mundo online. Por isso, um dos trabalhos do marketing digital é o SEO, normalmente chamado de Otimização de Sites. Alguns Webmasters decidiram levar as otimizações ao extremo, criando artimanhas de forma a enganar os motores de busca e obter melhores rankings. Essas técnicas, começaram a ser denominadas por “black hat SEO”.

As técnicas de black hat eram muito usadas especialmente porque traziam resultados rápidos. A verdade é que a otimização de sites, e todo o mercado e trabalho de SEO, leva o seu tempo. Temos de olhar para esse trabalho no longo prazo. Isso porque o site é olhado pelos motores de busca como um todo. Ele tem de provar que seu conteúdo realmente é útil para os usuários.




As técnicas de Black Hat tentam “enganar” os buscadores, driblando as avaliações de seus sites pelos motores de busca, como o Google e o Bing. Claro que essas técnicas enganaram durante algum tempo. Hoje em dia elas já não são mais válidas, e traz até punições para os sites que as usam.

black hat seo

3 Técnicas de Black Hat punidas pelo Google e Bing

Nos dias de hoje, os sites que forem identificados com o uso de Black Hat SEO sofrem punições severas. Essas punições vão desde o rebaixamento nos rankings, ou banimento da URL.

E isso não acontece apenas com sites de pessoas comuns, ou de pequenas e médias empresas. Para ter uma noção clara do que está acontecendo, a própria BMW ficou com seu site removido do Google por ter usado uma técnica de Black Hat.

No caso da empresa de automóveis alemã, usaram a Doorway Pages, que faz com que apareça um conteúdo para o robô de indexação, mas outro conteúdo distinto para o usuário. Para que você não tenha esse problema, aqui vamos listar as técnicas de Black Hat punidas pelo Google, e pelo Bing também, atualmente.

1 – Keyword Stuffing

Essa é uma das técnicas de Black hat punidas pelo Google, mas que mais se vê por aí. Consiste em usar palavras-chave relevantes em todo o site de forma indiscriminada. Não é difícil de detectar. Mesmo o comum dos mortais consegue reparar na forma exagerada com que esses termos aparecem nas páginas.




Não que a repetição da palavra-chave ao longo de um texto não seja uma boa prática de SEO, mas ela tem de ser natural, não forçada, e a quantidade não pode passar além do razoável (um máximo de 1.5%).

keywords

2 – Esconder texto e Links

Uma das técnicas de Black Hat que mais foram usadas foi esconder os links e o texto colocando-os na cor do fundo das páginas. Mas esta é uma técnica que não tem qualquer sentido. Não funciona porque os motores de busca lêem o conteúdo através do código, e o Google consegue ver facilmente essa técnica.

3 – Doorway Pages

Essa foi uma das técnicas de Black Hat punidas pelo Google na empresa gigante alemã. Como dissemos antes, consiste em mostrar um conteúdo para os motores de busca, mas outro conteúdo completamente distinto para os internautas.

Essas são três das técnicas de black hat punidas pelo Google e pelo Bing. Todavia, não se deixe enganar. Os motores de busca estão cada vez mais evoluídos no que toca à detecção dessas técnicas, e as punições, pode crer, serão severas.

Partilhar:

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *