Como configurar o W3 Total Cache no WordPress – Tutorial

Por | Atualizado em 2015-08-18

Neste tutorial, iremos explicar como instalar e configurar o W3 Total Cache. Se você pretende melhorar a performance do seu WordPress, é essencial que use um plugin de cache.

Para garantir os melhores resultados é necessário configurar o W3 Total Cache corretamente. Como tal, iremos mostrar como configuramos o nosso W3 Total Cache.

Para comparar a evolução na performance poderá utilizar o Pingdom. Comece por instalar o W3 total cache no seu WordPress. Lembramos que se você possuiu outro plugin de criação de cache deverá desactiva-lo e remove-lo, para não criar conflitos com o W3 Total Cache.

Configurar W3 Total Cache

Após instalar o W3 Total Cache aceda ao novo separador “Performance” que surge no painel administrativo do seu WordPress. Clique no botão “Compatibility Check” para verificar se possui os requisitos necessários para algumas das funcionalidades.

Em seguida, aceda à secção “General Settings” e adicione as seguintes configurações:

compability w3 total cache

Page cache: Comece por ativar a cache da página com o método “disk enhanced”. Ativar o page cache reduz o tempo de resposta do seu website.

w3 total cache

Minify: A opção de “minify” permite reduzir o tamanho das suas páginas do WordPress eliminando os espaços brancos e quebras de página no código fonte do template. No entanto, esta opção nem sempre é recomendada, pois pode gerar problemas na exibição das páginas.

Na prática, o usuário pode “minificar” manualmente o seu código fonte, bastando reduzir as quebras de linha, tal como é explicado no seguinte tutorial: Como minificar CSS.

Database cache e object cache: Permite acelerar a criação dos posts, páginas, etc. No entanto, se experimentar problemas (principalmente se usa hospedagem partilhada), deixe estas opções desmarcadas.

Browser cache: Ative a opção “Browser cache”, dessa forma, sempre que o usuário visitar a sua página, o navegador irá guardar uma cópia das imagens e arquivos CSS / Javascript, melhorando o tempo de carregamento das páginas que ele visitar a seguir.

No menu “Performance”, aceda a opção “Browser cache” e ative todas as opções disponiveis, excepto “Do not process 404 errors for static objects with WordPress”.


CDN: Um CDN (Content Delivery Network) é um serviço poderoso capaz de hospedar arquivos estáticos do seu website em servidores por todo o mundo, melhorando o tempo de carregamento das suas páginas.

Entre em contacto com o seu serviço de hospedagem para saber o seu serviço incluiu algum CDN.

Utilize os dados do seu serviço CDN como “Key ID” e o “hostmame”.

Conclusão:

Utilizar o W3 Total Cache é apenas uma das formas de otimizar a velocidade das suas páginas. Conheça outras dicas:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *